sábado, 9 de junho de 2012

Resenha: A Dama de Companhia - Deborah Simmons




Inglaterra, 1815

Salvo por um anjo apaixonado!


Seriamente ferido no campo de batalha, Kit Armstrong, conde de Hawthorne, voltou para casa para receber cuidados médicos.

Mas como fazê-lo voltar à vida, se tudo que ele desejava era ter perecido no campo de batalha como tantos outros?

Chloe era apenas uma dama de companhia. Mas sua alegria quase juvenil, seu sorriso radiante mesmo diante das maiores adversidades e seu jeito amoroso fez com que os olhos de Kit Armstrong readquirissem o brilho então inexistente. Seria o amor o responsável por trazê-lo de volta à vida?
 Resenha retirada do Skoob.


O mocinho “Kit” acabou de volta da guerra e está perdido e sofrendo por achar que não merece está vivo. Como seu irmão morreu, sua avó se preocupa em que o legado da família seja perdido, então fica cobrando alguma atitude dele.
Cansada de não obter o que deseja, sua avó decide tentar uma coisa diferente e contrata uma parenta que está em más condições financeiras para ser Dama de Companhia dele. A moça “Chloe”, só fica sabendo que terá que cuidar dele quando chega à mansão, e decide ficar por achar que é um dever cuidar dos familiares. 
Kit tenta afastar Chloe sendo rude com ela e se surpreende com o fato de ela sempre ficar calma e não discutir com ele.

Eu gostei e achei um livro interessante e rápido de ler, os diálogos entre os dois também são interessantes, apesar de na maioria das vezes ele fala e ela só escuta. 

Recomendo pra quem quer uma leitura leve e rápida.



Nenhum comentário:

Postar um comentário